Por Segredos

Por segredos...

Que triste sonido da alma
Quando parte-se em metades
Quando escorre pelos dedos
Choram cordas por saudade

...do que foi, do que não é
Não se está mais onde mora
Não se sabe o que se quer
Se ficar...ou ir embora...

Sabes bem que estes teus medos
Que pelos versos tem plantado
São regados por segredos
e jamais serão passado...

5 comentários:

  1. Oi, Camilla. Na próxima atualização do meu blog, vou "linkar" o teu lá. Parabéns pelos versos. Marcelo D´Ávila

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Camila!

    Desculpe a demora em vir te agradecer pela visita e por estar seguindo o Desnudo.
    Andei fora do ar pro mais de dois meses... primeiro por conta da merda da Velox... Depois por estar viajando a trabalho, o que me impossibilitou de postar algum tema ou até mesmo, responder os comentários dos amigos e visitantes mais recentes.

    Um ótimo domingo ´pra ti e, uma páscoa recheada de muito amor e paz para ti e toda sua família.

    bja

    Marcio RJ

    ResponderExcluir
  3. Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso “Alto-falante” e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
    Um grande abraço!

    Renato Douglas!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Camila!

    Um segredo sempre será algo atual, pois como dizia meu querido avô, ter um segredo é apenas poder compartilhar com você mesmo dele, pois se contar para alguém o que era uma segredo, deixará de ser só seu, assim, compartilhando com outro.


    Um ótimo dia pra ti

    Bjs

    MARCIO RJ

    ResponderExcluir
  5. Lindo o poema!
    Segredos ficam guardados a 7 chaves na lembrança!

    :D

    Parabéns pelo blog!

    Beijos

    http://escritoshumanos.blogspot.com/
    http://algumasobservacoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Comentário